A mudança que clamamos começa dentro

Clamamos tantas vezes quanto às guerras no mundo, mas não nos damos conta que elas são, em última análise, reflexos de nossas guerras internas.

Criticamos preconceitos, racismo, misoginia, machismo, mas repetimos diariamente no nosso diálogo interno frases que estão nesta mesma sintonia.

Reclamamos da ditadura da moda, mas estamos continuamente nos tiranizando para que nos adaptemos à última onda.

Chamamos de hipócritas aos que nos cercam, mas não nos damos conta da incoerência de várias das nossas atitudes, palavras e pensamentos.

Então, finalmente me dou conta que todo o tumulto que está lá fora também está aqui, dentro de mim.

Com a grande diferença que sobre este último eu posso agir sendo toda a mudança que eu quero ver no mundo.

#desafiohojeescrevi #escritaautentica #hojeescrevi

Elisa Rodrigues Autor

Buscadora. Inquieta. Sonhadora. Rabugenta (às vezes). Cheia de ideias. Principalmente, alguém que exercita diariamente um olhar de encantamento para beleza do mundo. Veja mais sobre o meu trabalho terapêutico em www.elisarodrigues.com.br