Author's Posts

Ontem já tive um lindo bate papo com a Paula Quintão sobre o Inverno e a sua importância ao nos ensinar o tempo de pausar e nos aprofundar (para assistir clique aqui).

Hoje, 21/06/2017, finalmente é Solstício de Inverno! Um dia lindo e cheio de significados.

E para compartilhar isso com você, criei uma sequência de áudios e exercícios explicando:

  • A importância dos ciclos
  • A beleza do Inverno
  • Como adentrar na nossa caverna interna
  • O tempo para repensar
  • Como fazer uma Roda da Vida
  • O momento de separar as nossas sementes
  • O Diário da Colheita
  • O que significa o Solstício de Inverno
  • Como desapegar do que não queremos manter
  • Como entregar as sementes dos nossos futuros plantios

Para baixar essa linda vivência que criei para honrar o Solstício e o nosso Mundo Interno, é só preencher o formulário abaixo

 

 

 

Read more

Sabemos que quando estamos namorando somos alguém muito diferente! As pessoas reparam no nosso sorriso, no nosso brilho…
Mas namorar é uma dança que requer mais uma pessoa. Será?

Será que eu não consigo fazer tudo o que eu faço para outra pessoa para mim mesm@? Será que eu não consigo investir em mim como eu invisto no outro?

Vamos entender o que namorar tem de tão especial e aprender a fazer isso para nós em primeiro lugar!

Data: 24/06/2017 – às 15h
Local: Clinica Chronos (R. Recife, 19, sala 12, Jd. Ipê, Cotia, SP)

Read more

Somos a intersecção de uma grande rede de pessoas, os nossos ancestrais. Carregamos em nossos corpos físicos, mentais e energéticos histórias, dores, dramas, conflitos, questões, dificuldades, abusos, medos e crenças que fizeram parte da trajetória pessoal e familiar deles.

Nossa sociedade atual trabalha em um movimento individualista, que afasta as famílias e desemboca no esquecimento dos idosos e das histórias familiares. Com isso, perdemos elementos importantes para análise de nossa vida e de nossa bagagem consciente e inconsciente. Perdemos a possibilidade de comparar eventos atuais com possíveis situações anteriores similares e traçarmos a repetição de fatores entre as gerações.

Analisar a história de nossas mães, tias, avós, bisavós, pode trazer à luz uma série de crenças e dificuldades que temos e para as quais não encontramos resposta ou embasamento. Pode colocar uma nova perspectiva à forma com que nos relacionamos com Masculino, em especial nossos parceiros e filhos, e às autoridades em geral. Pode explicar medos e dores que sentimos sem um motivo real. Pode mostrar que essa linhagem pede a cura e o encerramento de um comportamento nocivo ou um círculo vicioso de erros, para que eles não cheguem até as próximas gerações.

Read more

Por mais que caminhemos em uma praia, nunca traçaremos a mesma rota que outra pessoa que acabou de passar lá. Porque cada trilha é única. Cada pegada é única. A sua história única lhe ensinou a ver a vida sob um olhar único, a encontrar uma solução única, a desenvolver um produto único, a montar um negócio único, a ensinar de um jeito único.

Read more