Mulher, Negócios e Alma

As últimas décadas foram marcadas pela entrada feminina no mundo profissional. Passamos a buscar qualificação acadêmica e espaço no mercado de trabalho. Quisemos ter nossa carreira, nossos negócios, nosso legado e lutamos por vagas em faculdades, empresas e instituições.
Invertemos de tal forma os papéis femininos na segunda parte do século passado que hoje é inconcebível para muitos grupos que uma mulher não trabalhe, não estude e queira ficar em casa. Somos treinadas para estudar e ter uma profissão. Muitas, inclusive, são instigadas para grandes carreiras de sucesso. Obrigatoriamente.
Para discutirmos empreendedorismo feminino e esse novo mundo empresarial, eu, Elisa Rodrigues, facilitadora e Guardiã de Círculo de Mulheres, juntamente com Zuleica Souza, fundadora da Valência Treinamento e Consultoria Empresarial e especializada em empreendedorismo, criamos o “Círculo de Mulheres Empreendedoras”, onde nos reunimos uma vez por mês para discutir os desafios de ser mulher empreendedora no mercado atual e a importância de manter nossos negócios conectados com nossa alma, tudo isso dentro do suporte e o acolhimento que o Círculo de Mulheres proporciona, gerando sororidade, cumplicidade e espaço para a cura de nossas crenças e dores.

[Palestra] Se namore!

Sabemos que quando estamos namorando somos alguém muito diferente! As pessoas reparam no nosso sorriso, no nosso brilho…
Mas namorar é uma dança que requer mais uma pessoa. Será?

Será que eu não consigo fazer tudo o que eu faço para outra pessoa para mim mesm@? Será que eu não consigo investir em mim como eu invisto no outro?

Vamos entender o que namorar tem de tão especial e aprender a fazer isso para nós em primeiro lugar!

Data: 24/06/2017 – às 15h
Local: Clinica Chronos (R. Recife, 19, sala 12, Jd. Ipê, Cotia, SP)

Correndo atrás da própria sombra

Eu puxo a fila daqueles que acreditam na importância de desbravar o mundo interior, descobrir nossas crenças limitantes, curar memórias de dor, buscar as causas do que sentimos e tememos. Fiz isso por anos, repetidamente. Acredito tanto nessa necessidade de autoconhecimento que embasei meu propósito de vida e minha missão pessoal nela.

Mas – e tudo tem um mas – às vezes isso não é suficiente. Ou pelo menos não responde as questões que estão atormentando o seu momento, impedindo o seu caminhar e sabotando o seu dia-a-dia.

Um caminho de luz e sombra

É fato que tendemos a buscar os bons momentos e maldizer as dificuldades. Ocorre que muitas das nossas supostas dificuldades são características ou situações que não atenderam ao que fomos ensinados a buscar, as atitudes e metas socialmente aceitas e almejadas. Essas diretrizes nos foram ensinadas desde muito cedo, em situações em que nem tínhamos como avaliar se isso nos potencializava ou nos limitava.

Isso fez com que muitas características nossas fossem tratadas como sombras. …