Interação

Na adolescência acho que todo mundo quer ser diferente. Imprevisível, livre, leve e solto. Meio James Dean. Aí saímos fazendo todas aquelas bobagens clássicas além das brigas com os pais, que só mudam de endereço. A gente lê os poetas malditos e ouve músicas que nos incitam contra o sistema e a ordem das coisas.

Tá certo que na prática todo mundo mora com os pais, quando muito paga a conta de água, que é a mais barata, e no frigir dos ovos dança conforme a música. Resmungando, mas dança.

Read more