Mulher, Negócios e Alma

As últimas décadas foram marcadas pela entrada feminina no mundo profissional. Passamos a buscar qualificação acadêmica e espaço no mercado de trabalho. Quisemos ter nossa carreira, nossos negócios, nosso legado e lutamos por vagas em faculdades, empresas e instituições.
Invertemos de tal forma os papéis femininos na segunda parte do século passado que hoje é inconcebível para muitos grupos que uma mulher não trabalhe, não estude e queira ficar em casa. Somos treinadas para estudar e ter uma profissão. Muitas, inclusive, são instigadas para grandes carreiras de sucesso. Obrigatoriamente.
Para discutirmos empreendedorismo feminino e esse novo mundo empresarial, eu, Elisa Rodrigues, facilitadora e Guardiã de Círculo de Mulheres, juntamente com Zuleica Souza, fundadora da Valência Treinamento e Consultoria Empresarial e especializada em empreendedorismo, criamos o “Círculo de Mulheres Empreendedoras”, onde nos reunimos uma vez por mês para discutir os desafios de ser mulher empreendedora no mercado atual e a importância de manter nossos negócios conectados com nossa alma, tudo isso dentro do suporte e o acolhimento que o Círculo de Mulheres proporciona, gerando sororidade, cumplicidade e espaço para a cura de nossas crenças e dores.

Falando sobre Missão de Alma

Por mais que caminhemos em uma praia, nunca traçaremos a mesma rota que outra pessoa que acabou de passar lá. Porque cada trilha é única. Cada pegada é única. A sua história única lhe ensinou a ver a vida sob um olhar único, a encontrar uma solução única, a desenvolver um produto único, a montar um negócio único, a ensinar de um jeito único.

Eu sou A mensagem

Qual é a mensagem que você apresenta para o mundo?
Se as pessoas pudessem te “ler”, o que absorveriam?

Hoje durante uma conversa com uma pessoa amada, dei de cara com a frase “Você é uma mensagem” gravada no seu chaveiro. A pessoa, membro dos Alcoólicos Anônimos, me explicou que essa frase faz parte de uma orientação aos membros. Muito mais do que falar/orientar, o membro deve ser a personificação da mensagem que está tentando passar: a mensagem da superação, da volta por cima, do reagrupamento dos cacos após a dilaceração do alcoolismo na sua vida. Ele É a mensagem.

Fiquei com aquilo na cabeça. Tomei isso como a minha #liçãododia. Não posso evitar em trasladar esse ensinamento para a minha vida na espiritualidade.

Correndo atrás da própria sombra

Eu puxo a fila daqueles que acreditam na importância de desbravar o mundo interior, descobrir nossas crenças limitantes, curar memórias de dor, buscar as causas do que sentimos e tememos. Fiz isso por anos, repetidamente. Acredito tanto nessa necessidade de autoconhecimento que embasei meu propósito de vida e minha missão pessoal nela.

Mas – e tudo tem um mas – às vezes isso não é suficiente. Ou pelo menos não responde as questões que estão atormentando o seu momento, impedindo o seu caminhar e sabotando o seu dia-a-dia.