O que realmente importa?

Tarde preguiçosa.

Menino curioso em férias escolares.

Leonardo olha na estante e vê o livro. Pensa um pouco e pergunta:

— Mãe, é muita coisa que realmente importa?

As pessoas são boas

Aline Campbell é uma artista plástica carioca que resolveu viajar pela Europa sem dinheiro. Este seria o resumo simplista e midiático do seu projeto. Seria o que chamaria a atenção de todos. Mas ao assistir o vídeo do projeto vemos muito mais. Aline questiona nossas relações e interações, nossos conceitos e preconceitos, nossos valores (que nem sempre são nossos).
Aline Campbell é uma artista plástica carioca que resolveu viajar pela Europa sem dinheiro. Este seria o resumo simplista e midiático do seu projeto. Seria o que chamaria a atenção de todos. Mas ao assistir o vídeo do projeto vemos muito mais. Aline questiona nossas relações e interações, nossos conceitos e preconceitos, nossos valores (que nem sempre são nossos).

De tanta coisa que ela diz no vídeo e que daria material para vários posts, hoje quero refletir sobre uma que sempre me incomodou: por que a mídia só mostra os acontecimentos e pessoas ruins?

Siga o mestre… ou seja, você!

Continuando a história, conto aqui a minha segunda reflexão. Tenho visto muitas pessoas fugirem de seu papel de maestria e mais pessoas ainda criticando aquelas que assumem esse papel.

No Dicionário Informal, encontrei uma definição que se afina mais com meu conceito sobre o que é maestria:
A conceituação de maestria deriva do sânscrito “mah” que significa – maior. A maestria implica em não só fazer o que se sabe para produzir resultados, mas ir além, dominando os princípios subjacentes ao resultado.

Estamos viciados em conflitos?

Meu filho mais velho adora programas de culinária, especialmente competições do tipo Master Chef e Bake Off Brasil, portanto sempre vemos o que está rolando nesse gênero. Na semana passada assisti um trecho do Master Chef Junior e fiquei com uma sensação diferente.

Não assisti o episódio inteiro, apenas a prova final, mas quando terminou eu estava em um estado de espírito que há tempos não tinha ao assistir televisão, principalmente competições desse tipo. Eu estava feliz e tranquila. E achei muito estranho.