Superando a nossa Sombra

Você já se sentiu em algum momento assim:

  • Frustrado, sentindo que não conseguia progredir nos seus planos e projetos
  • Procurando os motivos por tudo dar errado e não encontrando nada que considerasse relevante
  • Achando que era azarado ou incompetente ou que não merecia uma vida melhor, pois as histórias sempre se repetiam na sua vida e o final nunca era feliz
  • Ouvindo as mesmas vozes internas que repetiam continuamente o quanto você era ruim (ou fraco ou imprestável ou burro ou instável…)
  • Esbarrando frequentemente no mesmo tipo de pessoa que dificultava o seu caminho
  • As pessoas sempre pisando no seu “calo”.
  • Deprimido, desestimulado e incapaz de resolver a situação que estava vivendo
  • Que seus dias eram cinzas, sem cor ou força de vontade.
  • Refém de si mesmo, pois na hora H fazia tudo errado.

Se você respondeu sim para uma ou mais situações acima, lhe digo que há uma grande probabilidade de você ter esbarrado em uma sombra sua.

Nossa sombra é tudo aquilo que rejeitamos, que não aceitamos em nós mesmos, que temos dificuldade de acolher dentro de nós. Não necessariamente são “defeitos” nossos, mas características que não queremos acreditar que possuímos e, consequentemente, relegamos a um canto escuro do nosso mundo interior.

 

 

“Fingir que as sombras não nos habitam é muito perigoso. Ao negar as sombras, você concede a elas total permissão para se movimentar e se apoderar do seu ego, agigantando-o, em rota equivocada quanto a verdade, a justiça e o Caminho. Você será dominado sem perceber, de maneira sorrateira, pois o melhor truque delas é convencer que existem apenas nos outros. Elas iludem: nos fazem confundir amor com ciúme; justiça com vingança; direito com egoísmo; humildade com humilhação; sucesso com ganância; vitória com dominação. Pensar que estamos imunes às suas artimanhas, fora do alcance de suas garras? Ledo engano. Então, invariavelmente, somos levados às escolhas erradas e adiamos o processo evolutivo. Por outro lado, ao perceber tudo isto, iniciamos a grande batalha da vida: iluminar as próprias sombras para, depois, transmutá-las”.

Abraçando as sombras – Yoskhaz

 

 

Mas, como eu disse acima, nem sempre nossas sombras são características “ruins”. Também podem ser grandes qualidades que não acreditamos que temos. Aliás, o que é bom ou ruim? Na resposta desta pergunta é que se encontra a grande chave para acolhermos e aprendermos as lições que as sombras reservam. Na verdade, as sombras são características nossas, esperando para serem vistas e ouvidas. E isso leva a vida inteira.

 

“Passamos nossa vida, até os 20 anos, decidindo quais as partes de nós mesmos  que poremos na “sacola”, e passamos o resto da vida tentando retirá-las de lá.”
Robert Bly

No meu último episódio de sombra tive muito a aprender com elas. Tanto que isso virou um post. E esse post virou um caderno de exercícios, pensado para lhe ajudar a identificar a sombra que está se manifestando e descobrir a lição que ela esconde. Não viu? Bora lá baixar então?

CLIQUE AQUI!

BAIXAR “5 passos para superar a manifestação da sombra”

Baixe o e-book e faça as atividades! Tenho certeza que você descobrirá coisas a seu respeito que nunca imaginou! 

Mas por que eu estou te contando tudo isso? Porque tem novidade em breve!!! Ah, vou deixar você curios@, mas se você baixar o e-book vai saber da novidade em primeira mão – só adianto que ela é totalmente gratuita e feita com todo o carinho para você!

E para que você aprenda ainda mais sobre as sombras, deixo mais materiais coletados aqui no Caminhando em Beleza sobre esse assunto tão fascinante:

 

Você consegue lembrar de alguma sombra que já superou? Você já leu o e-book? O que achou? Comenta aqui embaixo!