Tempo e Dinheiro

Esta é a terceira semana que estamos falando sobre dinheiro, um assunto que sempre rende.

O Dinheiro tem uma característica bem curiosa, que nem é sempre muito fácil de administrar. Ele tem um flow, um fluxo, que é meio ligado ao tempo e a energia que um projeto precisa. Um tempo de maturação, algo mais profundo que apenas decidir. É um decidir que tem que estar de mãos dadas com um “estar pronto”. Isso acontece o tempo todo e aconteceu com o grupo no WhatsApp que vou montar. Às vezes a gente acha que é só ir lá e marcar a data (aliás, algumas orientações dizem que é). Mas não é bem assim. Parece que é algo que tem que encaixar, algo que dá um click.

A gente tem que estar pronto. O momento tem que acontecer. Algumas ideias que estavam obscuras tem que clarear. Em alguns casos dá sim pra gente ir construindo durante o caminho. Mas algumas vezes parece que determinadas dúvidas bagunçam nosso GPS interno e a gente não consegue seguir em frente.

Dinheiro vem pra dar clareza e pede clareza. Parece estranho, mas não é. E clareza pede tempo. Tempo de se olhar. Olhar ao redor. Olhar as pessoas que nos cercam.
Às vezes perdemos dinheiro porque não paramos um pouco e observamos direito a situação. Porque não investimos tempo.
Às vezes perdemos dinheiro porque queremos ganhar tempo – só que esse tempo de maturação ou feitio é necessário e de nada adiantou trocar ele por dinheiro.

Dinheiro é uma energia tão pessoal e cheia de lições como o Amor e a Saúde. Ele tem suas mensagens e pra isso você precisa olhar com tempo e carinho o fluxo da sua vida.

Sejam tod@s bem vind@s a esse fluxo de reflexões!

Elisa Rodrigues

Elisa Rodrigues Autor

Buscadora. Inquieta. Sonhadora. Rabugenta (às vezes). Cheia de ideias. No mundo externo, sou terapeuta e facilitadora. No interno, sou uma exploradora da beleza do caminho. Veja mais sobre o meu trabalho terapêutico em www.elisarodrigues.com.br